Mestrados

A oferta de Cursos Superiores de Mestrado da Faculdade de Psicologia procura responder a necessidades específicas identificadas nas áreas gerais correspondentes para as quais a Faculdade de Psicologia dispõe de conhecimentos e recursos firmados na sua longa experiência.

Os cursos são assegurados por um corpo docente altamente qualificado e com um empenho constante na qualidade da formação e ensino prestados.

null

Ciência Cognitiva

null

Neuropsicologia Clínica e Experimental

Ciência Cognitiva

A Ciência Cognitiva ocupa-se do estudo interdisciplinar da cognição — comportamento, mente e cérebro — combinando conceitos, métodos e ideias de várias áreas da Psicologia, Neurociência, Biologia evolutiva, Linguística, Filosofia, Antropologia e outras ciências sociais, e através da aplicação de métodos da Ciência da Computação, Matemática e Física.

O Programa de Mestrado em Ciência Cognitiva é um curso inter-faculdades, organizado conjuntamente pelas Faculdades de Ciências, Letras, Medicina e Psicologia.

Descrição do Programa

Dada a sua natureza interdisciplinar, a Ciência Cognitiva requer um programa de estudos graduados que integra os conhecimentos das ciências exatas, das ciências da vida e das humanidades numa abordagem científica forte. Considerando o amplo leque de competências cultivadas nas suas diferentes Faculdades e Departamentos, bem como a excelência dos resultados obtidos pelas suas muitas unidades de investigação, a Universidade de Lisboa detém condições ímpares para oferecer um programa de mestrado em Ciência Cognitiva de elevada qualidade.

Este Programa de mestrado em Ciência Cognitiva da Universidade de Lisboa tem como objectivo principal a formação de uma nova geração de diplomados capazes de combinar diferentes disciplinas de forma integrada numa ciência da cognição, mente e cérebro, assim como de tirar partido da aplicação do conhecimento gerado nesta área.

Aos mestres em Ciência Cognitiva compete a operação de serviços e sistemas avançados com marcada componente cognitiva. São exemplos, entre vários outros, das suas áreas de atuação, a inovação, a investigação e a direção em: Empresas tecnológicas, de consultoria e auditoria; Empresas com sistemas avançados de interação com os utilizadores; Empresas e instituições na área dos cuidados de saúde e apoio a pessoas com necessidades especiais; Entidades de acreditação e de regulação; Instituições hospitalares; Laboratórios de investigação e desenvolvimento; Instituições de ensino superior e de investigação, etc.

Ana M. Sebastião 
FACULDADE DE MEDICINA, INSTITUTO DE FARMACOLOGIA E NEUROCIÊNCIAS
INSTITUTO DE MEDICINA MOLECULAR, UNIDADE DE NEUROCIÊNCIAS

António Branco 
FACULDADE DE CIÊNCIAS, DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA

Armanda Costa 
FACULDADE DE LETRAS, DEPARTAMENTO DE LINGUÍSTICA GERAL E ROMÂNICA

Luís Correia 
FACULDADE DE CIÊNCIAS, DEPARTAMENTO DE INFORMÁTICA

João Branquinho 
FACULDADE DE LETRAS, DEPARTAMENTO DE FILOSOFIA E CENTRO DE FILOSOFIA

Ana Luísa Raposo 
FACULDADE DE PSICOLOGIA, CENTRO DE INVESTIGAÇÃO EM CIÊNCIA PSICOLÓGICA

Registo DGES
R/A-Ef 3461/2011 de 18-03-2011

Publicação em DRE
Criação – Deliberação n.º 1149/2009

N.º do Processo
ACEF/1819/0116977

Decisão
Em análise

Data de Decisão

Plano de Estudos

Introdução à Ciência Cognitiva

Coordenador João Branquinho, Departamento de Filosofia, Faculdade de Letras

A cadeira consiste numa sinopse do território da ciência cognitiva. Tópicos a examinar incluem: o objectivo da ciência cognitiva, a compreensão da natureza e mecanismos da cognição; o carácter multidisciplinar da ciência cognitiva e as diferentes disciplinas que a compõem; métodos de investigação centrais em ciência cognitiva; algumas das áreas e problemas salientes em ciência cognitiva: conceitos, percepção, linguagem, memória, emoções, inteligência.

Neurociência

Coordenador Ana M. Sebastião, Faculdade de Medicina

Esta disciplina oferece treino avançado em neurociência experimental, nomeadamente neurociência molecular e celular. Debruçar-se-á sobe os principais mecanismos envolvidos na excitabilidade e comunicação neuronal. Os estudantes terão acesso a várias técnicas de electrofisiologia e neuroquímica.

Inteligência Artificial

Coordenador João Balsa, Departamento de Informática, Faculdade de Ciências

A matéria apresentada neste curso cobre a essência do processamento computacional do conhecimento, em particular a representação de conhecimento, a procura e o raciocínio, introduzindo as noções nucleares associadas com a resolução de problemas.

Linguística e Psicolinguística

Coordenador Armanda Costa, Departamento de Linguística Geral e Românica, Faculdade de Letras

O principal objectivo do seminário é fornecer conceitos básicos em áreas nucleares da gramática, como a Fonologia, a Sintaxe e a Semântica, como fundamentos para uma melhor compreensão dos processos cognitivos e linguísticos inerentes à compreensão e produção da linguagem. O registo do movimento dos olhos e medidas de tempos de reacção serão, entre outros, métodos a explorar em trabalho de laboratório.

Disciplina Auxiliar I

A ser seleccionada para cada estudante com vista a alargar os conhecimentos que adquiriu durante o primeiro ciclo para áreas complementares. Ver lista aqui.

Filosofia da Mente, da Linguagem e da Cognição

Coordenador João Branquinho, Departamento de Filosofia, Faculdade de Letras

A cadeira consiste numa introdução a algumas noções e alguns problemas centrais sobre a natureza da mente. Tópicos a examinar incluem: (a) a tipologia do mental; estados mentais cognitivos, ou atitudes proposicionais, e estados mentais conscientes, ou experiências; (b) as características salientes da mente: intencionalidade e fenomenologia; (c) sinopse das principais concepções acerca da natureza da mente: dualismo, fisicalismo, behaviourismo analítico e funcionalismo.

Fundamentos da Computação

Coordenador Andreia Mordido, Departamento de Informática, Faculdade de Ciências

Este curso introduz os temas básicos da teoria da computação – modelos de computação, computabilidade e complexidade. Vários modelos de computação são apresentados, de crescente poder computacional, e conclui-se que não se conhece nenhum modelo com maior poder computacional que a máquina de Turing (Tese de Church-Turing). Apresentam-se problemas que não são computáveis, ou seja, que nenhum computador consegue resolver, mesmo possuindo recursos de tempo/espaço ilimitados. No tema da complexidade, classificam-se os problemas computáveis de acordo com a quantidade de recursos computacionais necessários para os resolver, concluindo que há problemas que, embora computáveis, são impossíveis de resolver na prática devido à enorme quantidade de recursos (tempo/espaço) necessários à sua resolução.

Tecnologia da Linguagem

Coordenador António Branco, Departamento de Informática, Faculdade de Ciências

A matéria apresentada neste curso visa oferecer uma introdução a aspectos centrais do processamento computacional da linguagem natural e suas aplicações. Representação e computação do conhecimento linguístico e suas diferentes dimensões. Metodologias de análise sintáctica. Sobregeração e selecção de resultados. Interface sintaxe-semântica. Representação semântica e forma lógica. Modelos de gramática. Interfaces com a fala e a cognição.

Disciplina Auxiliar II

A ser seleccionada para cada estudante com vista a alargar os conhecimentos adquiridos durante o primeiro ciclo para áreas complementares. Ver lista aqui.

Psicologia Cognitiva

Coordenador Ana Luísa Raposo, Faculdade de Psicologia 

Psicologia Cognitiva como paradigma e como área de investigação. Percepção e Atenção. Categorização e Representação. Sistemas e Processos de Memória. Linguagem e Pensamento. Cognição Social e Emoção.

Modelos da Computação

Coordenador Luís Correia, Departamento de Informática, Faculdade de Ciências

Tópicos Avançados de Ciência Cognitiva

Coordenador António Branco, Departamento de Informática, Faculdade de Ciências

Participação ativa dos estudantes em eventos científicos relevantes para a Ciência Cognitiva.

Seminário de Investigação I

Equipa docente António Branco, Departamento de Informática, Faculdade de Ciências; Armanda Costa, Departamento de Linguística, Faculdade de Letras; David Yates, Departamento de Filosofia, Faculdade de Letras; Tânia Fernandes, Faculdade de Psicologia.

Trabalho de investigação conducente à dissertação de mestrado, incluindo apresentações pelos estudantes dos resultados obtidos.

Disciplina Auxiliar II

A ser seleccionada para cada estudante com vista a alargar os conhecimentos adquiridos durante o primeiro ciclo para áreas complementares. Ver lista aqui.

Dissertação

Seminário de Investigação II

Equipa docente João Branquinho (coordenador), Departamento de Filosofia, Faculdade de Letras; Luís Correia, Departamento de Informática, Faculdade de Ciências; Ana Sebastião, Faculdade de Medicina.

Trabalho de investigação conducente à dissertação de mestrado, incluindo apresentações pelos estudantes dos resultados obtidos.

Dissertação

Neuropsicologia Clínica e Experimental

O Mestrado Interuniversitário em Neuropsicologia Clínica e Experimental (IMCEN) é um programa de pós-graduação inovador que une os recursos docentes e de investigação de três das principais universidades portuguesas (Universidades de Coimbra, Lisboa e Minho).

O IMCEN é um programa de mestrado de grande escopo em neurociência clínica e experimental, com o objectivo de treinar estudantes a fornecer e a inovar a prática neuropsicológica baseada nos mais recentes desenvolvimentos nas neurociencias experimentais.

O nosso objetivo é selecionar um grupo internacional de graduados em psicologia com sólida formação em psicologia e neurociências, altamente motivado a seguir uma carreira em neuropsicologia clínica e/ou experimental.

A 1ª fase das candidaturas à edição 2020/2021 do Mestrado em Neuropsicologia Clínica e Experimental tem lugar de 1 de julho a 24 de julho de 2020.

Ana P. Pinheiro 
FACULDADE DE PSICOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

Ana Luísa Raposo 
FACULDADE DE PSICOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE LISBOA

Óscar F. Gonçalves 
ESCOLA DE PSICOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO MINHO

Mário R. Simões​ 
FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Jorge Almeida 
FACULDADE DE PSICOLOGIA E DE CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE COIMBRA

Adriana Sampaio 
ESCOLA DE PSICOLOGIA DA UNIVERSIDADE DO MINHO

Registo DGES
R/A -Cr 69/2018

Publicação em DRE
Despacho n.º 9751/2018, de 17 de outubro

N.º do Processo
NCE/17/00134

Decisão
Acreditado por 6 anos

Data de Decisão
07-06-2018

Plano de Estudos

Research Methods in Neuropsychology

Coordinator: Ana Raposo (University of Lisbon)

Learning Outcomes: The course is intended to provide a rigorous introduction to some of the main research methods in neuropsychology. Students are expected to:
1. Learn the basic principles of experimental design and the specificities of each method
2. Think critically about the strengths and limitations of each research method
3. Plan the different steps associated with data collection
4. Learn the processing steps associated with data analyses 5. Be able to interpret the results
6. Use the available software packages

Functional Neuroanatomy

Coordinator: Adriana Sampaio (University of Minho)

Learning Outcomes: The course is intended to provide a complete introduction to the main macroscopic and functional organization of the central and peripheral nervous system and was defined based on an adaptation of a Delphi Panel for Neuroanatomy (Moxham et al. 2015). At the end of this course, students are expected to:
1. Know the main macroscopic and functional organization of the central and peripheral nervous system;
2. Match alterations of the functional anatomy with main clinical symptoms;
3. Match structural and functional anatomy with 3D medical images;
4. Describe the cerebrovascular anatomy, vascular territories and clinical correlates of an injury;
5. Describe the anatomy-function correlation in major neurological syndromes.

Cognitive, Emotional and Social Neuroscience

Coordinator: Jorge Almeida (University of Coimbra)

Learning Outcomes: The goal of this course is to familiarize students with the functioning of the brain, and its relationship with cognitive, emotional and social domains. We will also focus on how the most used methods in the cognitive neurosciences (fMRI, TMS, EEG, etc.) allow for the understanding of the brain-mind relationship. At the end of this course, students should be able to understand how different cognitive, affective, and emotional processes are related to different types of response patterns in different neuronal areas.

Experimental Neuropsychology Rotation - Major

Coordinator: Óscar F. Gonçalves (University of Minho)

Learning Outcomes:
At the end of the lab rotation students are expected: In terms of Scientific Knowledge:
1. To explore major databases (PubMed, Web of Science, PsychInfo, Scopus, Scielo, and ProQuest Psychology).
2. To use relevant keyword combinations for literature review.
3. To organize scientific knowledge using narrative reviews, systematic reviews and meta- analyses.
4. To show familiarity with distinct experimental designs.
5. To become familiar with Ethical guidelines for research with human participants.

In terms of Research Skills:
1. To program experiments at least one software/programing language.
2. To become familiar with different sampling techniques.
3. To implement data collection using a combination of, least, two methods (psychophysics; EEG/ERP; EMF; tDCS/TMS; fNIRS, fMRI, neuropsychological testing).
4. To use post-processing methods and/or data quality control procedures.
5. To graph experimental data.
6. To implement different data analyses approaches.

In terms of Communication Skills:
1. To do oral presentations of research reports.
2. To organize results from an experiment in a poster format.
3. To appropriately quote, cite and paraphrase relevant literature.
4. To use appropriate softwares to detect plagiarism

Neuropsychological and Psychopathological Syndrome

Coordinator: Adriana Sampaio (University of Minho) [15 h TP],

Learning Outcomes:
1. Acquire knowledge about the semiology of the neurologic/neurosurgical and psychiatric patient.
2. Recognise the main pathological signs after the neuropsychological assessment interview and the neurological examination.
3. Know the epidemiology of the different neuropsychological and psychiatric pathologies.
4. Recognise the clinical signs and symptoms of the different neuropsychological and psychiatric pathologies.
5. Train the skills of diagnosis in neuropsychology and psychiatry as well as the structuring of the functional and etiological diagnosis in syndromes, topography and anatomy.
6. Identify clinical conditions that require a specific clinical approach.

Clinical Neuropsychology Skills

Coordinator: Ana P. Pinheiro (University of Lisbon)

Learning Outcomes: The course is intended to provide students with knowledge and clinical skills required for the goals of neuropsychological assessment, diagnosis and rehabilitation of patients with brain dysfunctions.
Students are expected to:
1. Think critically about main problems regarding neuropsychological assessment, diagnosis and rehabilitation.
2. Understand the role of neuropsychology across the lifespan.
3. Learn neuropsychological aspects of common neurological problems (including
epilepsy, stroke, dementia, brain injury).
4. Develop skills and competences to plan and conduct neuropsychological assessment
and diagnosis as well as plan rehabilitation programs for patients with
neuropsychological disorders.
5. Learn evidence-based interventions for addressing the cognitive and emotional
consequences of common neuropsychological problems.
6. Be aware of the impact of culture, equality and diversity on practice.
7. Understand the importance of and be able to maintain confidentiality.
8. Be able to draw on appropriate knowledge and skills to inform practice.
9. Be able to communicate effectively.

Neuropsychological Assessment

Coordinator: Mário R. Simões (University of Coimbra) [15 h TP]

Learning Outcomes: The goal of this course are to provide students with in-depth knowledge of neuropsychological assessment process considering principles, techniques (interviews, observation and tests (Wechsler Intelligence Scales; Premorbid Intelligence; Cognitive Reserve; Cognitive Screening; Memory; Attention; Executive Functions; Activities of daily living; Effort, response bias and malingering) and neuropsychological reports.

Neuropsychological Rehabilitation

Coordinator: Adriana Sampaio (University of Minho) [15 h TP]

Learning Outcomes: The goal of this course are to provide students with in-depth knowledge of Neuropsychological Rehabilitation considering principles, programs and techniques, different neurocognitive domains (attention, memory, executive functions, language, perceptual / spatial disorders), as well as various clinical conditions (Neurodevelopmental disorders, cerebral palsy, epilepsy, cranioencephalic trauma, cerebrovascular accidents, dementia). Students will gain knowledge on the complexity of neuropsychological rehabilitation work; Identify practical and ethical issues related to the use of different rehabilitation techniques; Review the published research.

Experimental Neuropsychology Rotation - Minor

Coordinator: Óscar F. Gonçalves (University of Minho)

Learning Outcomes:
At the end of the lab rotation – minor students are expected:
In terms of Scientific Knowledge- to be familiar with research literature on a selected theme being researched at the elected Lab, by:
1. Using topic relevant keyword combinations to explore major databases (PubMed, Web of Science, PsychInfo, Scopus, Scielo, and ProQuest Psychology).
2. Conducting a literature review on the selected topic.

In terms of Research Skills, To Assist On A Laboratory Experiment Associated With The Topic Selected, by:
1. Helping in programing the experiment, recruitment, and data collection.
2. Analyzing and interpreting data.

In terms of Communication Skills – to communicate science results by:
1. Conducting an oral presentation in a lab meeting.
2. Presenting in poster format for the final poster festival.

Master Thesis in Clinical and Experimental Neuropsychology