Pós-Graduações

A oferta de Cursos Pós-Graduados Faculdade de Psicologia procura responder a necessidades específicas identificadas nas áreas gerais correspondentes para as quais a Faculdade de Psicologia dispõe de conhecimentos e recursos firmados na sua longa experiência.

Os cursos são assegurados por um corpo docente altamente qualificado e com um empenho constante na qualidade da formação e ensino prestados.

null

Coaching Psicológico

null

Psicologia e Intervenção em Crise e Emergência

null

Psicologia da Saúde Ocupacional

Coaching Psicológico

Com esta Pós-Graduação pretende-se:

· Formar e capacitar Psicólogos para o exercício profissional na área do Coaching Psicológico;
· Contribuir para o desenvolvimento científico do Coaching Psicológico em Portugal;
· Desenvolver a investigação científica e técnica em Coaching Psicológico;
· Promover a excelência da prática de Coaching em Portugal.

Através desta formação superior poderá:

· Assegurar uma formação teórico-prática que prepara os alunos para o exercício profissional do Coaching, enquadrada por investigação de ponta nesta área.
· Facultar aos alunos um programa de desenvolvimento pessoal, inserido no Plano de Estudos.
· Proporcionar meios de desenvolvimento da investigação científica em Coaching.
· Oportunidade de integrar uma network europeia de Psicólogos Coaches, com acesso a uma certificação internacional em Coaching Psicológico.

Os estudantes que concluírem o plano de estudos com sucesso, obterão o Certificado de Estudos Pós-Graduados em Coaching Psicológico, emitido pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa.

Ver Edital relativo à abertura de candidaturas à Pós-Graduação em Coaching Psicológico.

— A candidatura será efetuada online, no portal Fénix, através do sítio da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. (www.psicologia.ulisboa.pt);

— Os candidatos devem formalizar a sua candidatura com os seguintes documentos:

i. Documento de Identificação (Cartão de Cidadão, Bilhete de identidade, Passaporte ou outro documento idóneo);

ii. Comprovativo do Número de Identificação Fiscal (Cartão de Cidadão, Cartão de Contribuinte, documento comprovativo emitido pela Autoridade Tributária ou outro documento idóneo);

iii. Certidão de grau de mestre/licenciado ou de grau académico equivalente*;

iv. Currículo académico, científico e/ou profissional, com comprovativos de formações, estágios ou prática profissional;

v. Carta de Motivação.

— O emolumento a pagar pela candidatura é de 60,00€ (sessenta euros) não havendo lugar à sua devolução, caso o candidato seja excluído ou não seja selecionado.

* Se o curso tiver sido realizado fora da União Europeia os documentos deverão ser visados pelo Serviço Consular Português no país onde obteve a habilitação ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia e emitidos pela autoridade legalmente competente do Estado de onde é originário o documento (Serviços Oficiais de Educação). Sempre que os documentos não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol, devem ser traduzidos para um destes idiomas.

Maria Eduarda Duarte

Esta pós-graduação funciona em período diurno, às sextas à tarde e aos sábados de manhã em regime quinzenal.

2.1. São admitidos como candidatos à inscrição:

a) Os titulares de grau académico em Psicologia: licenciado (Pré-Bolonha), mestre, ou equivalente legal;

b) Os titulares de grau académico em Psicologia (igual a 2.1. a) obtido no estrangeiro, e conferido na sequência de um 2º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um estado aderente a este Processo;

c) Os titulares de um grau académico em Psicologia obtido no estrangeiro e que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos de grau académico pela Coordenação do Curso de Pós- Graduação.

— A seleção dos candidatos será feita mediante apreciação curricular, por um júri designado pelo Presidente do Conselho Científico.

— Na apreciação curricular serão tidos em conta os seguintes elementos:

a) Classificação da licenciatura (Pré-Bolonha) ou grau académico equivalente, e ou do mestrado ou grau académico equivalente;

b) Curriculum vitae;

c) Experiência profissional relevante na área de estudo;

d) Motivação avaliada através de carta de motivação obrigatória;

e) Outros elementos que o Conselho Científico considere relevantes.

As candidaturas são feitas online

— Se é ou foi aluno da Faculdade de Psicologia deve submeter a sua candidatura através deste link

— Se precisar de recuperar credenciais campus selecione faça-o aqui

— Se nunca foi aluno da Faculdade de Psicologia deve submeter a suacandidatura através deste link

O valor da propina do Curso Pós-Graduado, para o ano letivo de 2020/2021 ainda não se encontra definido. O valor de propinas para o ano letivo 2019/2020 foi de 1500,00€ (mil e quinhentos euros).

A propina poderá ser paga integralmente ou em prestações, através de multibanco ou diretamente na Tesouraria da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. O prazo de pagamento da 1.ª prestação é o prazo fixado para a matrícula e inscrição.

Plano de Estudos

Fundamentos do Coaching Psicológico

Adquirir e desenvolver conhecimentos no domínio dos fundamentos teóricos e práticos do Coaching Psicológico; Aquisição de conhecimentos sobre as atitudes básicas em Coaching Psicológico; Adquirir e desenvolver competências no domínio da relação Coach-Coachee; Desenvolver o pensamento crítico e as competências de resolução de problemas; Estimular a prática da investigação em Coaching Psicológico

Desenvolvimento Pessoal I

Auto-conhecimento e conhecimento de si próprio em relação profissional enquanto coach

Processo de Coaching Psicológico

Desenvolver o conhecimento de um processo de coaching; Conhecer os vários modelos de intervenção em Coaching; Compreender o processo de mudança em Coaching

Gestão da Carreira ao Longo da Vida

Estabelecer a relação entre as pessoas e os contextos em que actuam, quer ao nível da pessoa, quer ao nível da organização/instituição em que está inserida; Desenvolver a reflexividade para a promoção do desenvolvimento pessoal e profissional; Adquirir e desenvolver conhecimentos no domínio científico da Psicologia da construção da vida; Desenvolver competências para a intervenção em contextos organizacionais; Desenvolver competências para a investigação em Psicologia da construção da vida; Aquisição de conhecimentos sobre Ética e Deontologia nos contextos de gestão/construção de carreira

Seminário I

Conhecer realidades organizacionais diferentes e as necessidades de Coaching nessas Organizações. Promover o Conhecimento do impacto do Coaching em Contexto Organizacional. Avaliar os resultados da mudança com diferentes metodologias de coaching.

Prática Supervisionada I

Supervisão de sessões de Coaching

Modelos de Intervenção em Coaching

Facultar aos alunos o conhecimento e o manuseamento de instrumentos de avaliação em Coaching

Competências do Psicólogo Coach

Competências e Ética do Coach

Desenvolvimento Pessoal II

Auto-conhecimento e conhecimento de si próprio em relação profissional enquanto coach

Supervisão

Experiência de supervisão de um processo de Coaching, ajudando a identificarem as dificuldades na condução de um processo de coaching e promover a auto-crítica e auto avaliação

Seminário II

Promover o Conhecimento do impacto do Coaching em Contexto Organizacional; Conhecer realidades organizacionais diferentes e as necessidades de Coaching nessas Organizações; Avaliar os resultados da mudança com diferentes metodologias de coaching

Prática Supervisionada II

Supervisão de sessões de Coaching

Psicologia e Intervenção em Crise e Emergência

Esta pós-graduação destina-se a:

  • psicólogos
  • profissionais de saúde e intervenção em contexto comunitário
  • agentes de proteção civil
  • técnicos autárquicos
  • técnicos de serviço social
  • elementos das forças de segurança
  • elementos das forças armadas
  • jornalistas

De um modo geral, a todos os profissionais, detentores de um currículo relevante para esta área científica, que intervêm em contextos de crise psicológica.

O curso inclui 2 simulacros, um no início e outro no final, com a participação do Centro de Psicologia Aplicada do Exército (CPAE).

null

Possibilidade de estágios de curta duração no Centro de Apoio Psicológico e Intervenção em Crise (CAPIC) do INEM.

Ver Edital relativo à abertura de candidaturas à Pós-Graduação em Psicologia e Intervenção em Crise e Emergência.

— A candidatura será efetuada online, no portal Fénix, através do sítio da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. (www.psicologia.ulisboa.pt);

— Os candidatos devem formalizar a sua candidatura com os seguintes documentos:

i. Documento de Identificação (Cartão de Cidadão, Bilhete de identidade, Passaporte ou outro documento idóneo);

ii. Comprovativo do Número de Identificação Fiscal (Cartão de Cidadão, Cartão de Contribuinte, documento comprovativo emitido pela Autoridade Tributária ou outro documento idóneo);

iii. Certidão de grau de mestre/licenciado ou de grau académico equivalente*;

iv. Currículo académico, científico e/ou profissional, com comprovativos de formações, estágios ou prática profissional;

v. Carta de Motivação.

— O emolumento a pagar pela candidatura é de 60,00€ (sessenta euros) não havendo lugar à sua devolução, caso o candidato seja excluído ou não seja selecionado.

* Se o curso tiver sido realizado fora da União Europeia os documentos deverão ser visados pelo Serviço Consular Português no país onde obteve a habilitação ou apresentados com a aposição da Apostila de Haia e emitidos pela autoridade legalmente competente do Estado de onde é originário o documento (Serviços Oficiais de Educação). Sempre que os documentos não forem emitidos em português, inglês, francês ou espanhol, devem ser traduzidos para um destes idiomas.

Maria José Chambel
Maria Teresa Ribeiro

Esta pós-graduação funciona em período diurno, às sextas à tarde e aos sábados de manhã em regime quinzenal.

2.1. São admitidos como candidatos à inscrição:

a) Os titulares de grau académico em Psicologia: licenciado (Pré-Bolonha), mestre, ou equivalente legal;

b) Os titulares de grau académico em Psicologia (igual a 2.1. a) obtido no estrangeiro, e conferido na sequência de um 2º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um estado aderente a este Processo;

c) Os titulares de um grau académico em Psicologia obtido no estrangeiro e que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos de grau académico pela Coordenação do Curso de Pós- Graduação.

d) Os titulares de um grau académico em Ciências da Saúde, Ciências Sociais, Ciências Militares e em Segurança Pública: licenciado (pré-Bolonha), mestre ou equivalente legal.

— A seleção dos candidatos será feita mediante apreciação curricular, por um júri designado pelo Presidente do Conselho Científico.

— Na apreciação curricular serão tidos em conta os seguintes elementos:

a) Classificação da licenciatura (Pré-Bolonha) ou grau académico equivalente, e ou do mestrado ou grau académico equivalente;

b) Curriculum vitae;

c) Experiência profissional relevante na área de estudo;

d) Motivação avaliada através de carta de motivação obrigatória;

e) Outros elementos que o Conselho Científico considere relevantes.

As candidaturas são feitas online

— Se é ou foi aluno da Faculdade de Psicologia deve submeter a sua candidatura através deste link

— Se precisar de recuperar credenciais campus selecione faça-o aqui

— Se nunca foi aluno da Faculdade de Psicologia deve submeter a suacandidatura através deste link

O valor da propina do Curso Pós-Graduado, para o ano letivo de 2020/2021 ainda não se encontra definido. O valor de propinas para o ano letivo 2019/2020 foi de 1500,00€ (mil e quinhentos euros).

A propina poderá ser paga integralmente ou em prestações, através de multibanco ou diretamente na Tesouraria da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa. O prazo de pagamento da 1.ª prestação é o prazo fixado para a matrícula e inscrição.

Plano de Estudos

Contextos Organizacionais de Risco

DOCENTES
Maria José Chambel
Rui Ângelo

OBJETIVOS
– Identificar e caracterizar os diferentes contextos organizacionais de risco e promotores de resiliência;
– Aprofundar o contributo da psicologia da saúde ocupacional na promoção do bem – estar organizacional;
– Reconhecer os contributos da liderança e do funcionamento em equipa como potenciadores de saúde e bem – estar em contextos de risco;
– Analisar o processo de promoção da coesão grupal e funcionamento em equipas que atuam em contextos de risco.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
– Caracterização de diferentes co ntextos organizacionais;
– Contextos organizacionais promotores de resiliência;
– Psicologia da Saúde Ocupacional em organizações profissionais de emergência,
– Liderança e funcionamento em equipa como potenciadores de saúde e bem – estar;
– Simulacro (24h) de promoção da coesão grupal e funcionamento em equipa.

Intervenção com Profissionais

DOCENTES
Maria José Chambel
Maria Eduarda Duarte
Joana Isabel Antunes Faria Anjos

OBJETIVOS
– Adquirir e desenvolver conhecimentos no domínio científico do Counseling /Coaching e a sua aplicação na intervenção em contextos de crise e emergência
– Conhecer os níveis de Intervenção primária, secundária e terciária;
– Conhecer as várias modalidades de intervenção com profissionais existentes.
– Analisar as boas práticas na intervenção com profissionais no Sistema Integrado de Emergência Médica (SIEM) e no Sistema Integrado de Operações de Protecção e Socorro (SIOPS);
– Analisar a importância da promoção da resiliência psicológica em profissionais de intervenção em crise.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
– Coaching em Profissionais de Emergência
– Prevenção primária, secundária e terciária
– Modalidades de intervenção com profissionais
– Boas práticas de modelos de Intervenção psicológica com profissionais a nível nacional
– Promoção da Resiliência psicológica de operacionais e equipas que atuam em contexto de emergência

Resiliência e Trauma Psicológico

DOCENTES
Maria Teresa Ribeiro
Isabel Santa Bárbara Narciso
Telmo Mourinho Baptista
Joana Isabel Antunes Faria Anjos

OBJETIVOS
– Identificar e caracterizar os diversos contextos potenciadores de crise psicológica bem como as respostas cognitivas, comportamentais, emocionais, e fisiológicas associadas;
– Aprofundar os quadros conceptuais da psicologia na área do stress, trauma psicológico, resiliência e crescimento pós- traumático;
– Reflectir sobre questões éticas e deontológicas na intervenção em crise e caracterizar os diferentes contextos organizacionais de risco e promotores de resiliência;

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
– Vivência de um evento traumático – Crise Normativa e crise não normativa; a vivência de um evento potencialmente traumático.
– Crise e Trauma Psicológico – impacto na saúde mental; manifestações clínicas face ao trauma.
– Modelos de crise e resiliência : factores de risco e de protecção que influenciam o desenvolvimento do trauma – fatores pré-traumáticos; fatores peri-traumáticos e fatores pós-traumáticos.
– Resiliência e ajustamento positivo à adversidade
– Modelos de resiliência; características das famílias resilientes.
– Concepções e modelos de Crescimento Pós-Traumático. Desafios na avaliação do Crescimento Pós-Traumático.
– Crescimento Pós-Traumático no contexto do trabalho de intervenção na crise e emergência: Resultados da investigação e implicações para a intervenção.
– Ética e deontologia na Intervenção em crise.

Contextos de Crise Específicos

DOCENTES
Maria Teresa Ribeiro
Ana Isabel Pereira
Luísa Barros
Joana Isabel Anjos

OBJETIVOS
– Identificar a sintomatologia psicológica característica de diferentes situações de crise;
– Desenvolver competências teórico-praticas na área da intervenção psicológica em situações de crise específicas;
– Conhecer e aplicar procedimentos de avaliação e intervenção psicossocial em contextos de crise específicos;
– Conhecer o enquadramento legal das situações em estudo e papel a desempenhar por cada entidade.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
– Intervenção em Situações Específicas: Crise Psicótica, Ansiedade e Pânico, Violência Doméstica e Negligência, Violação e Abuso Sexual, Suicídio, Morte inesperada e apoio no início do processo de luto, retirada familiar de menores, crise em contexto escolar, negociação e intervenção com reféns, alcoolismo e dependência de drogas, e intervenção em crise com crianças;
– Enquadramento legal e funções das diferentes entidades intervenientes.

Intervenção Psicológica em Crise e Emergência

DOCENTES
Maria Teresa Ribeiro
Isabel Santa Bárbara Narciso
Carla Crespo
Marta Pedro
Joana Isabel Antunes Faria Anjos

OBJETIVOS
– Identificar os princípios orientadores da intervenção psicológica em crise;
– Conhecer os objectivos da intervenção psicossocial em crise;
– Desenvolver competências teórico-praticas na área da intervenção psicológica em crise;
– Conhecer a terapêutica farmacológica utilizada em situações de grande descontrolo emocional e ansiedade; Conhecer os diversos contextos de crise familiar, sintomatologia e disrupção associada;
– Identificar os factores familiares influentes na resposta resiliente.

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS
– Intervenção Psicológica em Crise – Objectivos; princípios orientadores; intervenção em crise vs terapia; modelos de intervenção em crise.
– Modelos de intervenção em crise integrados na resposta de emergência médica pré-hospitalar – intervenção no Centro de Orientação de Doentes Urge