Orgãos de Governo

Conselho de Escola

Maria José Chambel
Presidente

Isabel narciso
vice-Presidente

O Conselho de Escola é o órgão de governo com funções deliberativas e de supervisão, representando os docentes e investigadores, estudantes e pessoal não docente e não investigador da Faculdade.
Este orgão de governo é composto por quinze membros: 9 docentes e investigadores; 3 estudantes; 1 membro do pessoal não docente e não investigador; 2 membros externos.
Com excepção dos estudantes, cujo mandato é de 1 ano, todos os restantes membros são mandatados por um período de 2 anos.
São competências do Conselho de Escola, entre outras:

• Eleger o Diretor.
• Apreciar os atos do Diretor
• Apreciar e discutir os problemas fundamentais de funcionamento da Faculdade;
• Aprovar os planos estratégicos de médio prazo e o plano de ação para o mandato do Diretor;
• Por proposta do Diretor, aprovar a criação de pessoas coletivas de direito privado, constituídas nos termos dos estatutos;
• Aprovar o orçamento e o plano de atividades apresentado pelo Diretor;
• Aprovar o relatório anual de atividades e contas.
• Propor e aprovar alterações aos Estatutos da Faculdade e ao Regulamento Eleitoral.

 

Restantes MEMBROS (efectivos):

DOCENTES E INVESTIGADORES
Alexandra Marques Pinto
Carla Crespo
Maria Odília Teixeira
Maria Teresa Ribeiro
Mário Boto Ferreira
Salomé Santos
Tânia Fernandes

DISCENTES
Beatriz Aguiar
Catarina Águas
Madalena Castelão

NÃO-DOCENTES
Sandra Silva

MEMBROS EXTERNOS
Afonso Carvalho
Rui Marques

Diretor

O Diretor é o órgão superior de governo e de representação externa da Faculdade, sendo eleito pelo conselho de escola pelo período de 2 anos, podendo ser renovado até um máximo de seis anos consecutivos.
O Diretor é coadjuvado por um ou dois Subdiretores, escolhidos de entre os professores e investigadores doutorados, por ele livremente nomeados e exonerados.
Compete ao Diretor:

• Dirigir e representar a Faculdade;
• Assegurar o bom funcionamento da faculdade nas suas atividades de ensino, de investigação e de prestação de serviços à comunidade;
• Elaborar e apresentar ao Conselho de Escola os planos estratégicos de médio prazo, o orçamento e o plano de atividades, bem como o relatório de atividades e contas;
• Assegurar o cumprimento das deliberações tomadas pelos órgãos colegiais da Faculdade;
• Definir as regras de utilização dos espaços e das instalações;
• Aprovar o calendário e horário das atividades letivas, ouvidos o Conselho Científico e o Conselho Pedagógico;
• Exercer as funções e o poder disciplinar que lhe sejam delegados pelo Reitor;
• Orientar e superintender na gestão administrativa e financeira da Faculdade;
• Designar o Diretor Executivo da Faculdade;
• Presidir ao Conselho de Gestão;
• Elaborar o projeto de orçamento e o plano de atividades da Faculdade e assegurar a sua concretização;
• Pronunciar-se sobre a viabilidade e fixar as propinas dos cursos não conferentes de grau, mediante proposta dos seus responsáveis;
• Orientar e superintender na gestão dos recursos humanos da Faculdade;
• Promover e concretizar o recrutamento do pessoal docente, de investigação e não docente;
• Praticar todos os atos previstos na lei relativamente à situação e à carreira do pessoal, sem prejuízo das competências do Conselho Científico.

orggest03a

Luís Curral
Diretor

orggestcd4

Alexandra Barros                          Ana P. Pinheiro
sub-Diretora                                  sub-Diretora

Conselho Científico

Leonel Garcia-Marques
Presidente

Isabel Narciso
vice-Presidente

O Conselho Científico é o órgão de gestão científica da Faculdade, sendo composto por 12 membros: 8 representantes dos professores e investigadores de carreira e restantes docentes e investigadores em regime de tempo integral, com contrato de duração não inferior a um ano, que sejam titulares do grau de doutor, qualquer que seja a natureza do seu vínculo à instituição e 4 membros do Centro de Investigação.  Os primeiros são eleitos pelo conjunto de docentes e investigadores doutorados e segundos pelo Centro, por um período de 2 anos.
Compete ao Conselho Científico:

• Elaborar o seu regimento;
• Definir os seus modos de organização interna, incluindo obrigatoriamente uma Comissão de Estudos Pós-Graduados e uma Comissão de Equivalências;
• Eleger o seu Presidente de entre os professores associados ou catedráticos e investigadores coordenadores ou investigadores principais, por um período de 2 anos, que pode ser renovado até seis anos consecutivos;
• Apreciar o plano de atividades científicas da Faculdade;
• Pronunciar-se sobre a criação de Ciclos de Estudos e Cursos e aprovar os planos de estudos dos Ciclos de Estudos e Cursos ministrados;
• Organizar e deliberar sobre a distribuição do serviço docente, sujeitando-a a homologação do Diretor;
• Promover a publicação e divulgação pública, cm cada ano, dos programas das unidades curriculares;
• Deliberar sobre equivalências ele unidades curriculares e graus académicos, nos termos da lei;
• Impulsionar, orientar e coordenar as atividades ele investigação científica no âmbito da Faculdade;
• Propor ou pronunciar-se sobre a concessão de títulos ou distinções honoríficas, designadamente sobre a concessão do grau de Doutor HIonoris Causa em Psicologia pela Universidade ele Lisboa;
• Propor ou pronunciar-se sobre a instituição de prémios escolares;
• Promover a realização de Cursos não conferentes de grau;
• Propor ou pronunciar-se sobre a realização de acordos e ele parcerias internacionais;
• Exercer as demais competências que lhe sejam conferidas pela lei, pelos Estatutos ou pelos regulamentos ela Universidade.
• Designar os orientadores das dissertações de mestrado e de doutoramento;
• Propor a constituição júris de mestrado;
• Propor a constituição dos júris de doutoramento e das provas para obtenção do título ele agregado;

Restantes membros efectivos:

:.

Ana Sofia Santos
Isabel Janeiro
Isabel Sá

Luísa Barros
Luis Curral
Margarida Veiga Simão

 

Maria João Alvarez
Rosa Novo
Salomé Vieira Santos
Tomás Palma

 

:.

O Conselho Científico possui ainda duas comissões especializadas. Uma na creditação e equivalências e outra na avaliação deontológica de todos os projectos de investigação que se pretendem desenvolver:

:.

COMISSÃO de CREDITAÇÃO e EQUIVALÊNCIAS

Luísa Bizarro – Presidente
Maria João Alvarez
Maria João Afonso
Isabel Barahona da Fonseca
Sandra Fernandes
João Justo
Carla Crespo
Fernando Fradique
Maria Eduarda Duarte
Ana Sofia Santos

fpuliconlink

COMISSÃO ESPECIALIZADA de DEONTOLOGIA

Maria José Chambel – Presidente
Salomé Vieira Santos
Maria Odília Teixeira
Tânia Fernandes

fpuliconlink

Conselho Pedagógico

O Conselho Pedagógico é o órgão de gestão pedagógica ela Faculdade, sendo composto por:
—Três docentes, eleitos por um período de 2 anos
—Três estudantes (de pelo menos dois Ciclos de Estudos distintos) eleitos pelo período de 1 ano.
Compete ao Conselho Pedagógico:

• Pronunciar-se sobre as orientações pedagógicas e os métodos de ensino e de avaliação;
• Promover a monitorização do desempenho pedagógico da Escola em articulação com a Comissão de Avaliação Interna;
• Promover a realização da avaliação do desempenho pedagógico dos docentes;
• Apreciar as queixas relativas a matérias pedagógicas e propor as providências necessárias;
• Aprovar o regulamento de avaliação das aprendizagens;
• Pronunciar-se sobre a criação de Ciclos de Estudos e de Cursos;
• Pronunciar-se sobre a avaliação de Ciclos de Estudos e de Cursos ministrados, em articulação com a Comissão de Avaliação Interna;
• Pronunciar-se sobre o calendário letivo e os mapas de exames;

Restantes membros efectivos:

DOCENTES E INVESTIGADORES
Carla Crespo
Isabel Janeiro

ESTUDANTES
David Greer
João Luís Teixeira
Mafalda Catarino

orggest08

João Moreira
Presidente

Conselho de Gestão

orggest03a

Luís Curral
Diretor

Alexandra Barros               Nuno Cavalheiro
sub-Diretora                    Diretor Executivo

O Conselho de Gestão é o órgão de gestão administrativa, financeira e patrimonial da Faculdade, bem como de gestão dos recursos humanos.

Compõem o Conselho de Gestão o Diretor, que preside, o Diretor Executivo da Faculdade e um vogal designado pelo Diretor.
Compete ao Conselho de Gestão:

• Dar parecer sobre os projetos de orçamento;
• Fiscalizar a execução do orçamento;
• Verificar a legalidade das despesas efetuadas e autorizar a realização do respetivo pagamento;
• Encarregar-se dos processamentos legais atinentes à arrecadação da receita da Faculdade;
• Promover a elaboração da prestação da conta a submeter ao Tribunal de Contas conforme a legislação em vigor;
• Promover a organização e atualização do inventário e cadastro dos bens móveis da Faculdade;
• Fixar as taxas e emolumentos a aplicar na Faculdade que não sejam da competência da Universidade de Lisboa;
• Aprovar, sob proposta do Diretor Executivo, a orgânica e regulamentação dos Serviços.
• Colaborar com os Serviços Centrais da Universidade de Lisboa.

Diretor Executivo

É da competência do Diretor Executivo:

  • A gestão corrente e a coordenação dos serviços da Faculdade, sob a orientação do Diretor da Faculdade;
  • Dirigir os serviços técnicos e administrativos integrados nos serviços comuns bem como os aspetos administrativos e de recursos humanos dos serviços específicos da Faculdade;
  • Propor o regulamento orgânico relativo aos serviços;
  • Elaborar, sob a orientação do Diretor, as propostas de orçamento, de relatório e de conta;
  • Informar e submeter a despacho do Diretor todos os assuntos de gestão global;
  • Solicitar a intervenção do Gabinete de Consultoria Jurídica no apoio à sua atividade de gestão;
  • Exercer as competências que o Diretor ou o Conselho de Gestão nele delegue e todas as demais previstas na lei.

:.

orggest13

Nuno Cavalheiro
Diretor Executivo

 

Secretariado
Eulália Policarpo

Área de Planeamento e I&D

orggest09

Sandra Silva
Coordenadora

A  Área de Planeamento e I&D da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa é um serviço específico da FPUL e tem como objetivo assegurar o efetivo apoio e secretariado aos órgãos de governo da FPUL garantido o suporte técnico aos seus titulares, bem como prestar apoio aos coordenadores das áreas de investigação e ensino, às atividades de ensino e de investigação.

Ana Maurício
Anabela Figueiredo
Gonçalo Nunes
Luís Felisberto
Soraia Silva

orggest09

Sandra Silva
Coordenadora

A Assessoria e Secretariado da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa é um serviço específico da FPUL e tem como objetivo assegurar o efetivo apoio e secretariado aos órgãos de governo da FPUL garantido o suporte técnico aos seus titulares, bem como prestar apoio aos coordenadores das áreas de investigação e ensino, às atividades de ensino e de investigação.

Assessoria

Ana Maurício
Sara Vaz
Soraia Silva

Secretariado

Anabela Figueiredo

217 943 782

A Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa (FPUL) rege o seu funcionamento, para além da legislação e regulamentos comuns a todas as instituições do Estado Português e às restantes faculdades da Universidade de Lisboa, pelos Estatutos publicados no Despacho n.º 16489/2013, a 19 de Agosto, tendo sido alterado pelo Despacho n.º 10111/2019, a 08 de Novembro e pelo seu Regulamento Orgânico publicado no Regulamento n.º 507/2015, a 5 de agosto, tendo sido alterado em Declaração de retificação n.o 821/2015, a 18 de setembro.