Testoteca

BEM-VINDO À TESTOTECA

A Testoteca representa uma estrutura de apoio ao ensino e à investigação da FP:.

A Testoteca da Faculdade de Psicologia  (FP) da Universidade de Lisboa reúne um conjunto de materiais de avaliação psicológica que disponibiliza aos seus alunos, docentes, investigadores e colaboradores do Serviço à Comunidade. Dispõe de um inventário diversificado de provas de avaliação cognitiva e de provas de personalidade e psicopatologia, e ainda do espólio de materiais de avaliação psicológica que a Faculdade e outros organismos da Universidade de Lisboa foram adquirindo desde a sua fundação, hoje de valor histórico. A Testoteca representa, assim, uma estrutura de apoio ao ensino e à investigação da FP, e rege o seu funcionamento por um regulamento que assegura o cumprimento das regras éticas e deontológicas do Código Deontológico da Ordem dos Psicólogos Portugueses, no respeitante ao uso e ao estudo de provas e testes psicológicas.

Coordenadora

Maria João Afonso

Horário

2ª feira: 14h-16:30h
3ª feira: 10h-12:30h e 14h-16:30h
5ª feira: 10h-12:30h

Endereço eletrónico

testoteca@psicologia.ulisboa.pt

:.

ARTIGO 1.º - NATUREZA E INTEGRAÇÃO

A Testoteca da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa constitui uma estrutura específica para apoio ao ensino e à investigação nas condições estabelecidas no presente Regulamento.
Como acervo de materiais de avaliação psicológica, a Testoteca da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa está inserida na Divisão de Documentação da FP-IE, mas rege-se por um funcionamento distinto que visa assegurar o cumprimento das regras éticas e deontológicas respeitantes ao uso de testes e provas psicológicas.

ARTIGO 2.º - FINS E TUTELA

2.1. A Testoteca da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa, adiante designada por TESTOTECA, tem como objetivo facilitar o acesso a materiais de avaliação psicológica aos seus alunos, docentes, investigadores e colaboradores do Serviço à Comunidade da Faculdade.

2.2. No âmbito das suas atribuições, a TESTOTECA garante o tratamento técnico e a gestão dos materiais adquiridos, bem como um funcionamento institucional que permita o acesso dos utilizadores aos materiais necessários ao desenvolvimento dos seus trabalhos.

2.3. A tutela sobre a TESTOTECA é exercida pelo Director, podendo este delegar num Coordenador, total ou parcialmente, as responsabilidades ao nível científico e da gestão logística e documental desta estrutura.

ARTIGO 3.º - FUNCIONAMENTO E GESTÃO

3.1. A TESTOTECA providenciará, através de um funcionário ou elemento da Assessoria e Secretariado da FP que lhe estiver alocado, a organização e catalogação dos materiais e a gestão das requisições dos mesmos.

3.2. As requisições de materiais serão realizadas pelos utilizadores, presencialmente, durante o horário de funcionamento da TESTOTECA, o qual será fixado pelo Coordenador.

3.3. A listagem dos materiais existentes será regularmente atualizada e disponibilizada no sítio da FP.

ARTIGO 4.º - CONDIÇÕES GERAIS DE ACESSO

4.1. Os materiais da TESTOTECA podem ser acedidos, para consulta no local ou para empréstimo domiciliário, pelos membros da comunidade académica referidos no Artigo 2º., respeitando as Diretrizes Internacionais para a Utilização de Testes (documentos existentes para consulta na Testoteca) e o estabelecido no presente regulamento.

4.2. Os utilizadores da TESTOTECA comprometem-se a respeitar as regras deontológicas relativas ao bom uso dos materiais de avaliação psicológica, designadamente:

  • Nível de formação exigido para a sua aplicação e interpretação;
  • Cumprimento dos procedimentos estabelecidos nos respetivos manuais;
  • Sigilo sobre os conteúdos dos materiais;
  • Respeito pelos direitos de autor;
  • Utilização e comunicação dos resultados.

4.3. No caso de alunos ou estagiários em formação que requisitem materiais de avaliação psicológica no âmbito da sua atividade curricular ou de formação profissional, cabe aos docentes, que asseguram a formação, supervisionar a correta utilização dos materiais e dos dados obtidos.

ARTIGO 5.º - CONDIÇÕES DE CONSULTA LOCAL

5.1. Para aceder à consulta do material de avaliação psicológica na TESTOTECA, os utilizadores deverão fazer prova da sua identificação pessoal, do seu vínculo à Faculdade e, no caso de alunos, do ciclo de estudos e ano de frequência.

5.2. No ato da requisição, o utilizador assina uma Declaração de Responsabilidade relativamente ao uso cuidado e responsável dos materiais solicitados para consulta. Os materiais serão conferidos pelo requisitante e pelo funcionário que proceder ao empréstimo, quer no ato de levantamento, quer no de entrega.

ARTIGO 6.º - CONDIÇÕES E TIPOS DE EMPRÉSTIMO

6.1. O empréstimo de material da TESTOTECA para utilização em espaços exteriores a esta é um serviço prestado ao utilizador e tem como objetivo específico disponibilizar provas e testes psicológicos para a realização de trabalhos no âmbito do percurso académico dos alunos, do exercício da docência e da investigação ou da prática profissional no Serviço à Comunidade da FP.

6.2. Para aceder ao empréstimo de material, os utilizadores deverão fazer prova da sua identificação pessoal, do seu vínculo à Faculdade e, no caso de alunos, dos documentos emitidos pelos docentes responsáveis pela supervisão do trabalho a realizar.

6.3. Conforme as necessidades dos utilizadores, serão considerados diferentes tipos de empréstimo:

  • Normal: o empréstimo durará o máximo de três dias úteis. Este tipo de empréstimo poderá ser efetuado por alunos mediante documento assinado por um docente a atestar a necessidade da requisição.
    Em situações específicas, designadamente para efeitos de trabalhos de grupo, o material poderá ser requisitado por um período de tempo mais longo, até ao limite máximo de duas semanas, desde que todos os alunos assumam as suas responsabilidades como utilizadores.
  • Prolongado: o empréstimo durará no máximo duas semanas, com possibilidade de renovação. Este tipo de empréstimo poderá ser efetuado por colaboradores do Serviço à Comunidade e por alunos que se encontrem em estágio curricular, a elaborar dissertações ou teses que exijam materiais da Testoteca por período continuado, o que deverá ser fundamentado através de um documento assinado pelo docente responsável.
  • A longo prazo: o empréstimo a docentes, investigadores e colaboradores do Serviço à Comunidade poderá durar até um mês, com possibilidade de renovação da requisição.

6.4. Todos os tipos de empréstimo são obrigatoriamente precedidos de uma Requisição assinada pelo utilizador, onde é identificado o material a requisitar e as datas de entrega e de devolução do mesmo.

6.5. O utilizador deverá assinar também uma Declaração de Responsabilidade relativamente aos materiais requisitados.

6.6. Os materiais serão conferidos pelo requisitante e pelo funcionário que proceder ao empréstimo, quer no ato de levantamento, quer no de entrega.

6.7. Com exceção de situações devidamente justificadas, cada utilizador não poderá requisitar, no mesmo período, mais de dois testes.

ARTIGO 7.º - RESPONSABILIDADE DOS UTILIZADORES

7.1. Os materiais requisitados ficarão sob a responsabilidade dos requisitantes durante o período de requisição, não podendo os mesmos ser cedidos a terceiros. A inobservância desta regra poderá levar à impossibilidade definitiva de acesso a empréstimo de quaisquer materiais da TESTOTECA.

7.2. Os utilizadores da TESTOTECA respondem pela restituição integral dos materiais requisitados (com todas as peças ou folhas que o compõem) e em bom estado de conservação.

7.3. Em caso de dano ou extravio, total ou parcial, dos materiais requisitados, o utilizador obriga-se a restituir o material em causa ou a pagar pela deterioração causada. O utilizador será notificado do custo e condições de pagamento da recuperação dos materiais ou do prazo para restituição de material novo equivalente ao original. Simultaneamente, será dado conhecimento ao Diretor que considerará eventuais efeitos disciplinares.

7.4. O empréstimo de materiais da TESTOTECA, presencial ou domiciliário, é considerado como um contrato de comodato, sendo-lhe aplicáveis as normas legalmente estabelecidas (artigos 1129º a 1141º do Código Civil).

ARTIGO 8.º - PRAZOS E INFRAÇÕES

Os prazos de empréstimo devem ser criteriosamente respeitados. A sua infração está sujeita às seguintes penalizações:

8.1. Em caso de um primeiro incumprimento não justificado atempadamente pelo utilizador (i.e., no decurso do prazo da requisição), o aluno fica inibido de solicitar novo empréstimo até ao final do semestre em curso.

8.2. Em caso de segundo incumprimento ou após segundo aviso da TESTOTECA, o utilizador fica inibido de solicitar novo empréstimo até ao final do ano letivo em curso.

8.3. Após terceiro aviso da TESTOTECA relativo ao incumprimento, será dado conhecimento ao Diretor da Faculdade que considerará as penalizações a aplicar, as quais poderão passar pela suspensão de publicação dos resultados da avaliação escolar do aluno em causa.

ARTIGO 9.º - REVISÃO DO REGULAMENTO E OUTRAS DISPOSIÇÕES

9.1. O presente Regulamento poderá ser alvo de revisão anual, caso se justifique.

9.2. Os casos omissos serão decididos pelo Diretor da Faculdade, ouvido o Coordenador da TESTOTECA.

Para requisitar material da testoteca deve indicar:

  1. código do teste desejado (conforme indicado no catálogo)
  2. data preferencial para levantamento do mesmo
  3. caso seja aluno (MIP ou doutoramento), deve solicitar previamente autorização ao docente responsável pela UC onde irá utilizar a prova* (ou ao orientador de estágio/tese). Pode fazer o download do formulário a preencher aqui, solicitando a assinatura do mesmo ao docente responsável.

* essa autorização não é necessária para as seguintes UCs: Psicometria, Avaliação Psicológica da Criança e do Adolescente e Avaliação Psicológica do Adulto.

Tenha em ATENÇÃO que:

  • a requisição, levantamento, utilização e entrega deste material só poderá ser efectuada de acordo com o regulamento da testoteca.
  • a sua requisição só estará confirmada após ter recebido um e-mail da testoteca indicando a disponibilidade do teste desejado para a data indicada ou para outra em alternativa.

O levantamento do teste deverá ser realizado diretamente na testoteca, na data indicada no e-mail que receber e dentro do seguinte horário:

2ª feira: 14h – 16:30h
3ª feira: 10h – 12:30h e 14:00h – 16:30h
5ª feira: 10h – 12:30h

 

A Testoteca da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa agradece desde já o seu contacto.


("Normal", "Prolongado" ou "Longo Prazo"
- conforme artº 6º do Regulamento da Testoteca)




ATENÇÃO: esta mensagem só será envida caso os termos e as condições supra referidas sejam aceites.