Serviço à Comunidade

Serviços Clínicos

O Serviço à Comunidade da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa constituiu-se como uma vertente de extensão universitária e tem por missão desenvolver a sua actividade, através da prestação de serviços especializados no âmbito da psicologia, em estreita articulação com as actividades de investigação e de formação da Faculdade.

O Serviço responde a solicitações de instituições, públicas ou privadas, e da comunidade em geral, tendo como alvo de intervenção crianças, adolescentes, jovens e adultos em que estejam referenciadas ou sinalizadas necessidades específicas de: avaliação psicológica; intervenção psicoterapêutica (nas modalidades de consulta individual, de casal ou familiar); intervenção clínica no âmbito da psicologia da saúde (consulta de psicologia pediátrica e consulta de sexologia clínica); acompanhamento e intervenção preventiva individual e familiar em situações de adopção; intervenção psicoeducacional; intervenção e aconselhamento vocacional; neuropsicologia clínica cognitiva e aconselhamento e gestão da carreira.

Os serviços desenvolvem ainda, em resposta a solicitações externas, actividades específicas de consultoria, formação e investigação.

Objetivos de Intervenção 
Esclarecer a natureza da(s) problemática(s) envolvida(s);
– Realizar avaliações psicológicas nos domínios intelectual e cognitivo, da personalidade e da psicopatologia;
– Identificar vias adequadas de intervenção em cada caso.

Áreas de Intervenção
– Problemas de desenvolvimento em crianças e adolescentes.
– Perturbações clínicas e de personalidade em jovens e adultos;
– Rastreio de avaliação de problemas associados ao envelhecimento;
– Pedidos de avaliação apresentados diretamente pelos próprios ou familiares, bem como por instituições de saúde, escolares ou judiciais.

Modalidades de Intervenção
-Individual
A intervenção visa o indivíduo e ocorre num contexto de consulta clínica. No caso de menores e de adultos idosos, participam na avaliação os familiares directos ou responsáveis legais.

Metodologias de Intervenção
-Clínicas
-Psicométricas (testes)

Preço

– Por sessão
€ 40 (1h)
€ 60 (1.30h a 2h)

– Por processo
Até 3 sessões: € 180
4 ou mais sessões: € 240

Objetivos de intervenção 
Serviço dirigido a famílias adotivas que pretendam um acompanhamento preventivo ou terapêutico.

População
Famílias adoptivas (em situação de pré-adopção e pós-adopção).

Áreas de Intervenção
– Aconselhamento Parental: dificuldades ao nível de práticas educativas na situação de pré-adopção ou de pós-adopção.
-Terapia Familiar: dificuldades/problemas familiares na situação de pré-adopção ou de pós-adopção.
-Psicoterapia individual a crianças e adolescentes na situação de pré-adopção e pós-adopção.
-Enriquecimento de competências parentais em famílias adoptivas.

Modalidades de Intervenção
-Individual
-Parental
-Familiar
-Multi-familiar

Preço

Por Família (para sessões avulso ou sessões sem nº pré-definido)
€ 30

População
Casais e famílias

Áreas de Intervenção
Intervenção Terapêutica:
-Dificuldades/problemas na família, no casal e na relação com outros sistemas significativos.
Intervenção Preventiva:
-Preparação para o casamento;
-Transição para a parentalidade;
-Desenvolvimento de competências parentais;
-Desenvolvimento de competências em famílias bi-culturais.

Modalidades de Intervenção
-Individual
-Conjugal
-Familiar
-Multi-familiar

Preço

– Por sessão
Individual: € 40 (1h)
Familiar: € 60 (1.30h a 2h)

– Por Participante/Casal (para conjunto de sessões)
Até 5 sessões: € 50
6 ou mais sessões: €80

– Por Família (para conjunto de sessões)
Até 5 sessões: € 50
6 ou mais sessões: €80

Processo de natureza cooperativa, voluntário e confidencial, com o objetivo de ajudar os intervenientes a colaborarem ativamente na construção dos acordos que melhor satisfaçam os interessas das pessoas envolvidas.

Função
Potenciar a autodeterminação da família e a responsabilidade parental através da participação direta e ativa na tomada das decisões que dizem respeito à família quando esta passa por uma situação de crise ou conflito.

Âmbito da Mediação Familiar
Mediação Conjugal
Divórcio/separação
Regulação ou alteração do exercício das Responsabilidades Parentais
Mediação de conflitos emergentes das relações familiares

Objetivos
Melhorar a comunicação e proporcionar a reflexão entre os participantes na mediação.

Mediador Familiar
Profissional licenciado na área das Ciências Sociais e Humanas habilitado com um curso de Mediação Familiar reconhecido pelo Ministério da Justiça.

Preço

Por sessão
Individual: € 50 (1h)
Familiar: € 80 (1.30h a 2h)

As perturbações do desenvolvimento podem afetar a linguagem, a aprendizagem e a cognição, nomeadamente a linguagem oral e escrita (leitura, e ortografia), o cálculo, as destrezas motoras, a atenção e a concentração, a memória e a interação social (perturbações do espectro do autismo).

A Neuropsicologia Clínica permite, com a abordagem cognitiva, compreender e intervir nestes (e em outros) tipos de problemáticas.

Responsável
Sandra Fernandes

População
Crianças, jovens e adultos com manifestações de atuais ou anteriores dificuldades na aprendizagem.

Objetivos
Avaliação das dificuldades específicas de aprendizagem: dislexia, disortografia, disgrafia, discalculia, défice de atenção e concentração e hiperatividade.

Modalidade
Consultas de avaliação de caráter individual (que incluem uma sessão de anamnese, seguida de sessões de avaliação, num máximo de 5, dependendo da especificidade do pedido).

Investigação e docência
A consulta funciona em articulação com a investigação e o ensino levados a cabo pela equipa técnica.

Preço

Por sessão
€ 40

O envelhecimento pode levar a uma diminuição, normal ou patológica (demência), de várias capacidades. As dificuldades consequentes causam impacto significativo no quotidiano da pessoa afetando a memória, a atenção/concentração, o planeamento e organização, a linguagem, o raciocínio, a tomada de decisão, entre outras.

A Neuropsicologia Clínica permite, com a abordagem cognitiva, compreender e intervir nestes (e em outros) tipos de problemáticas.

Responsável
Sandra Fernandes

População
Adultos e idosos com perturbações cognitivas associadas ao envelhecimento e quadros de demência.

Objetivos
Avaliação/diagnóstico e reabilitação das perturbações cognitivas decorrentes do envelhecimento e desencadeadas por um processo de demência, na perspetiva da Neuropsicologia Clínica Cognitiva.

Modalidade
Consultas de caráter individual com as vertentes de avaliação (que inclui uma sessão de anamnese, seguida de sessões de avaliação, num máximo de 5, dependendo da especificidade do caso), e intervenção/reabilitação (sem limite temporal, adaptada a cada caso).

Preço

Por sessão
€ 40

Objetivos de intervenção 
Avaliação/diagnóstico e intervenção psicológica dirigida a diferentes problemáticas, visando a promoção da saúde mental e física e de um desenvolvimento adaptado da criança e do adolescente.
Para além dos objectivos de avaliação e intervenção psicológica, a Consulta de Psicologia Pediátrica tem também objectivos de investigação e objectivos de formação, proporcionando a profissionais e estudantes de Pós-Graduação a oportunidade de se envolverem em actividades de prática clínica supervisionada e de investigação.

Áreas de Intervenção
Problemas de ansiedade,
Problemas de comportamento,
Problemas de eliminação (enurese e encoprese),
Dificuldades de adaptação a processos de doença,
Problemas de alimentação na idade pré-escolar,
Problemas de sono,
Problemas de dor crónica.

Modalidades de Intervenção
Individual e em grupo com as crianças,
Aconselhamento parental,
Aconselhamento a técnicos de saúde e de educação.

Metodologias de Intervenção
A intervenção psicológica realizada nesta consulta recorre a metodologias informadas pela evidência e programas empiricamente validados baseados em modelos cognitivo-comportamentais.

População
A consulta de Psicologia Pediátrica é dirigida a crianças e adolescentes, dos 4 aos 17 e aos seus pais

Preço

Por sessão
€ 40

Objetivos de intervenção 
Avaliação/diagnóstico e intervenção psicológica de curta duração dirigida à diminuição da sintomatologia de ansiedade e à promoção da adaptação a situações de doença

Áreas de Intervenção
Problemas de ansiedade
Situações de adaptação a situações de doença.

Objetivos de intervenção 
Individual

Metodologias de Intervenção
A intervenção baseia-se nos modelos Cognitivo-Comportamentais e da Psicologia da Saúde.

Preço

Por sessão
€ 40

Objetivos de intervenção 
Esta consulta pretende prestar um serviço especializado e inclusivo na área da Sexologias Clínica, no âmbito da Psicologia da Saúde, a pessoas adultas que apresentem dificuldades ou problemas na área da sexualidade.
É uma consulta de apoio e aconselhamento para indivíduos ou grupos que necessitem de esclarecimento ou consultoria na área da sexualidade.

Áreas de Intervenção
Dificuldades no funcionamento sexual (perturbações no desejo, interesse/excitação, orgasmo, ejaculação prematura, disfunção eréctil, perturbação de dor/penetração, perturbação induzida por condição médica ou substância);
Insatisfação sexual;
Adaptação à sexualidade em diferentes transições no ciclo de vida;
Dificuldades de comunicação ou conflitos associados à vida sexual;
Adaptação da vida sexual a processos de doença;
Aconselhamento e apoio em diferentes questões associadas à saúde sexual.

População Alvo 
Adultos que apresentem dificuldades ou problemas na área da sexualidade.

Preço

Por sessão
€ 40

Áreas de Intervenção
Adultos com dificuldades na sua relação consigo próprios, com os outros e/ou com o mundo. Intervenção com pessoas que tenham dificuldades relacionadas com fobias específicas, pânico ou agorafobia; com depressões; com ansiedade social ou generalizada; com o comportamento alimentar; com consumo de substâncias ou outros comportamentos problemáticos excessivos (e.g. internet, social media); com comportamento dissociativo, auto-mutilatório ou suicida; com questões sexuais ou de sono; conjugais ou relacionais;  com obsessões, compulsões ou stress pós-traumático; com perdas significativas por processar ou com falta de sentido na vida, entre outras.

Objetivos de Intervenção 
– Acompanhamento psicoterapêutico de adultos com o intuito de promover o seu bem-estar e aumentar a satisfação com a pessoa que é, com as suas relações e com a sua vida.
– A abordagem dos terapeutas pretende ser baseada na evidência disponível a nível nacional e internacional e alimentar investigação que se traduza em evidência baseada na prática.

Modalidades de Intervenção 
– Consulta psicológica individual, de curto ou médio prazo
– Desenvolvimento de competências sociais (individual ou grupal)

Metodologias de Intervenção
De acordo com uma perspetiva integrativa, faz-se uso de intervenções e metodologias, comportamentais, cognitivas, experienciais, relacionais, motivacionais, desenvolvimentistas e culturais consoante a conceptualização do caso e do processo,  que possam ir ao encontro as necessidades do cliente/paciente.

População
A partir dos 18.

Preço

Por sessão
€ 40

Áreas de Intervenção
Problemas de desenvolvimento no ciclo de vida (infância, adolescência, idade adulta e idade adulta avançada).
Crises de vida, problemas relacionais, nomeadamente dificuldades e conflitos na escola, no trabalho ou na família.
Problemas ao nível dos relacionamentos próximos e/ou íntimos, na família ou no meio mais alargado.
Experiências pessoais de sofrimento psíquico (e.g., ansiedade, depressão, baixa autoestima…).

População
Crianças, adolescentes, jovens adultos, adultos e adultos em idade avançada.

Psicoterapia Individual
O modelo de intervenção seguido fundamenta-se nos paradigmas da Psicologia Clínica Dinâmica. As formas de intervenção podem assumir características variáveis, desde o apoio relacional num quadro de psicoterapia breve até à psicoterapia psicanalítica com duração mais prolongada.

Preço

– Por sessão
€ 40

– Programas Específicos
€ 30 (1h)
Número pré-definido de sessões
Número de sessões com periodicidade pré-definida

Objetivos de intervenção 

  • Promover uma melhor adaptação à vida pós-evento, desenvolvendo a capacidade de resposta às exigências produzidas pelo evento potencialmente traumático e reduzindo o sofrimento psicológico.
  • Promover uma adaptação mais harmoniosa a situações de doença e de luto, com recurso à (re)construção de significados e à gestão da esperança, intervindo terapêutica e preventivamente.

Áreas de Intervenção

  • Eventos potencialmente traumáticos como agressão (física, psicológica, sexual); violência na família; morte de alguém próximo (esperada ou inesperada; causas naturais, acidente, homicídio, suicídio); acidente (de viação, de trabalho), desastre (incêndios, inundações); testemunhar actos de grande exigência psicológica.
  • Situações de doença aguda e/ou crónica nos vários níveis de complexidade; contexto de perda gestacional, neonatal, pediátrica e de adulto; contexto de cuidados paliativos pediátricos e de adultos; contexto de cuidados continuados integrados; fadiga por compaixão em profissionais de saúde; educação para a diferença e para a perda.

População Alvo 

  • Pessoas que tenham sofrido um ou mais eventos potencialmente traumáticos nos últimos 5 anos.
  • Pessoas, famílias e/ou grupos que pretendam uma intervenção preventiva ou terapêutica; profissionais de saúde e/ou instituições de saúde; comunidade em geral.

O pedido de ajuda poderá ser feito tanto pela própria pessoa, como por elementos da sua rede social.

Modalidades de intervenção
Individual, conjugal, familiar, multifamiliar e grupal.

Locais de intervenção

  • Instalações da FPUL;
  • Instalações de outras instituições que solicitem o serviço para os seus grupos;

Domicílio dos beneficiários (indivíduo/família), localizado na Zona Metropolitana de Lisboa, mediante avaliação prévia e quando a condição médica o justifique (por agravamento do quadro clínico, necessidade de isolamento, doença em fase terminal, impossibilidade de deslocação, etc.).

Preço

Por sessão individual
€ 40

Programas específicos
Por 5 sessões em grupo (valor por participante)
€50

:.

Objetivos de intervenção 
Apoiar crianças, jovens e adultos em processos de aprendizagem;
Promover competências para uma aprendizagem verdadeiramente autorregulada;
Contribuir para a construção de uma identidade emocional, social e psicologicamente ajustada.

Áreas de Intervenção
O Serviço de Psicologia da Educação disponibiliza as valências de avaliação e intervenção nas áreas:

  • Leitura
  • Escrita
  • Cálculo
  • Métodos e hábitos de estudo
  • Motivação e envolvimento escolar
  • Atenção e memória
  • Procrastinação
  • Ansiedade a testes e exames
  • Bullying/Cyberbullying
  • Transições de ciclo
  • Transições ao longo do ciclo de vida

Metodologias de Intervenção
– Apoio Psicopedagógico
 Promoção de qualidade e autonomia da aprendizagem.
Apoio na recuperação de situações de insucesso escolar.
Desenvolvimento de métodos e hábitos de estudo autorregulados e eficazes.

– Aconselhamento Educacional
 Promoção do autoconhecimento de dificuldades e potencialidades.
Desenvolvimento de recursos pessoais tendo em vista a realização de objetivos e metas do próprio.

– Aconselhamento Parental
Apoio às famílias tendo em vista não só o desenvolvimento dos alunos, mas também a promoção do bem-estar e qualidade de vida familiares.

– Ações de Formação 
Dirigidas a psicólogos, professores, educadores, encarregados de educação e outros agentes educativos.

Público
Crianças, jovens, adultos e famílias que pretendam melhorar o sucesso e a qualidade da sua aprendizagem, numa perspetiva educacional (e não só escolar).

Preço

Por sessão
€ 40

O secretariado do Serviço à Comunidade da Faculdade de Psicologia 
funciona todos os dias úteis
entre as 14:30h e as 18:30h.

Os horários das sessões são variáveis, sendo combinados posteriormente com o Psicólogo.

Os pagamentos deverão ser efetuados no Secretariado Técnico do Serviço à Comunidade (Gabinete D-106), preferencialmente através de cartão multibanco, no horário de atendimento ao público (dias úteis das 14:30h às 18:30h).

Disponibilizam-se informações relativamente a preços detalhados para diversos tipos e modalidades de intervenção, preços diferenciados para utentes de baixos recursos e para serviços a prestar a instituições.

preencha esta ficha sff

.

Telefone: 217 943 904

E-mail: scomunidade@psicologia.ulisboa.pt

————————  •  ————————

Coordenação: Doutora Rosário Lima

Secretariado técnico: Dr. Jorge Agostinho & Dr.ª Catarina Fernandes