orgaos de governo 2018-04-19T20:11:33+00:00

Orgãos de Governo

Conselho de Escola

Maria José Chambel
Presidente

Isabel narciso
vice-Presidente

O Conselho de Escola é o órgão de governo com funções deliberativas e de supervisão, representando os docentes e investigadores, estudantes e pessoal não docente e não investigador da Faculdade.
Este orgão de governo é composto por quinze membros: 9 docentes e investigadores; 3 estudantes; 1 membro do pessoal não docente e não investigador; 2 membros externos.
Com excepção dos estudantes, cujo mandato é de 1 ano, todos os restantes membros são mandatados por um período de 2 anos.
São competências do Conselho de Escola, entre outras:

• Eleger o Diretor.
• Apreciar os atos do Diretor
• Apreciar e discutir os problemas fundamentais de funcionamento da Faculdade;
• Aprovar os planos estratégicos de médio prazo e o plano de ação para o mandato do Diretor;
• Por proposta do Diretor, aprovar a criação de pessoas coletivas de direito privado, constituídas nos termos dos estatutos;
• Aprovar o orçamento e o plano de atividades apresentado pelo Diretor;
• Aprovar o relatório anual de atividades e contas.
• Propor e aprovar alterações aos Estatutos da Faculdade e ao Regulamento Eleitoral.

 

Restantes MEMBROS (efectivos):

DOCENTES E INVESTIGADORES
Alexandra Marques Pinto
Carla Crespo
Maria Odília Teixeira
Maria Teresa Ribeiro
Mário Boto Ferreira
Salomé Santos
Tânia Fernandes

DISCENTES
Beatriz Aguiar
Catarina Águas
Madalena Castelão

NÃO-DOCENTES
Sandra Silva

MEMBROS EXTERNOS
Afonso Carvalho
Rui Marques

Diretor

O Diretor é o órgão superior de governo e de representação externa da Faculdade, sendo eleito pelo conselho de escola pelo período de 2 anos, podendo ser renovado até um máximo de seis anos consecutivos.
O Diretor é coadjuvado por um ou dois Subdiretores, escolhidos de entre os professores e investigadores doutorados, por ele livremente nomeados e exonerados.
Compete ao Diretor:

• Dirigir e representar a Faculdade;
• Assegurar o bom funcionamento da faculdade nas suas atividades de ensino, de investigação e de prestação de serviços à comunidade;
• Elaborar e apresentar ao Conselho de Escola os planos estratégicos de médio prazo, o orçamento e o plano de atividades, bem como o relatório de atividades e contas;
• Assegurar o cumprimento das deliberações tomadas pelos órgãos colegiais da Faculdade;
• Definir as regras de utilização dos espaços e das instalações;
• Aprovar o calendário e horário das atividades letivas, ouvidos o Conselho Científico e o Conselho Pedagógico;
• Exercer as funções e o poder disciplinar que lhe sejam delegados pelo Reitor;
• Orientar e superintender na gestão administrativa e financeira da Faculdade;
• Designar o Diretor Executivo da Faculdade;
• Presidir ao Conselho de Gestão;
• Elaborar o projeto de orçamento e o plano de atividades da Faculdade e assegurar a sua concretização;
• Pronunciar-se sobre a viabilidade e fixar as propinas dos cursos não conferentes de grau, mediante proposta dos seus responsáveis;
• Orientar e superintender na gestão dos recursos humanos da Faculdade;
• Promover e concretizar o recrutamento do pessoal docente, de investigação e não docente;
• Praticar todos os atos previstos na lei relativamente à situação e à carreira do pessoal, sem prejuízo das competências do Conselho Científico.

orggest03a

Luís Curral
Diretor

orggestcd4

Alexandra Barros                          Ana P. Pinheiro
sub-Diretora                                  sub-Diretora

Conselho Científico

Leonel Garcia-Marques
Presidente

Isabel Narciso
vice-Presidente

O Conselho Científico é o órgão de gestão científica da Faculdade, sendo composto por 12 membros: 8 representantes dos professores e investigadores de carreira e restantes docentes e investigadores em regime de tempo integral, com contrato de duração não inferior a um ano, que sejam titulares do grau de doutor, qualquer que seja a natureza do seu vínculo à instituição e 4 membros do Centro de Investigação.  Os primeiros são eleitos pelo conjunto de docentes e investigadores doutorados e segundos pelo Centro, por um período de 2 anos.
Compete ao Conselho Científico:

• Elaborar o seu regimento;
• Definir os seus modos de organização interna, incluindo obrigatoriamente uma Comissão de Estudos Pós-Graduados e uma Comissão de Equivalências;
• Eleger o seu Presidente de entre os professores associados ou catedráticos e investigadores coordenadores ou investigadores principais, por um período de 2 anos, que pode ser renovado até seis anos consecutivos;
• Apreciar o plano de atividades científicas da Faculdade;
• Pronunciar-se sobre a criação de Ciclos de Estudos e Cursos e aprovar os planos de estudos dos Ciclos de Estudos e Cursos ministrados;
• Organizar e deliberar sobre a distribuição do serviço docente, sujeitando-a a homologação do Diretor;
• Promover a publicação e divulgação pública, cm cada ano, dos programas das unidades curriculares;
• Deliberar sobre equivalências ele unidades curriculares e graus académicos, nos termos da lei;
• Impulsionar, orientar e coordenar as atividades ele investigação científica no âmbito da Faculdade;
• Propor ou pronunciar-se sobre a concessão de títulos ou distinções honoríficas, designadamente sobre a concessão do grau de Doutor HIonoris Causa em Psicologia pela Universidade ele Lisboa;
• Propor ou pronunciar-se sobre a instituição de prémios escolares;
• Promover a realização de Cursos não conferentes de grau;
• Propor ou pronunciar-se sobre a realização de acordos e ele parcerias internacionais;
• Exercer as demais competências que lhe sejam conferidas pela lei, pelos Estatutos ou pelos regulamentos ela Universidade.
• Designar os orientadores das dissertações de mestrado e de doutoramento;
• Propor a constituição júris de mestrado;
• Propor a constituição dos júris de doutoramento e das provas para obtenção do título ele agregado;

Restantes membros efectivos:

:.

Ana Sofia Santos
Isabel Janeiro
Isabel Sá

Luísa Barros
Luis Curral
Margarida Veiga Simão

 

Maria João Alvarez
Rosa Novo
Salomé Vieira Santos
Tomás Palma

 

:.

O Conselho Científico possui ainda duas comissões especializadas. Uma na creditação e equivalências e outra na avaliação deontológica de todos os projectos de investigação que se pretendem desenvolver:

:.

COMISSÃO de CREDITAÇÃO e EQUIVALÊNCIAS

Luísa Bizarro – Presidente
Maria João Afonso
Sandra Fernandes
Maria João Alvarez
Isabel Barahona da Fonseca

fpuliconlink

COMISSÃO ESPECIALIZADA de DEONTOLOGIA

Maria José Chambel – Presidente
Salomé Vieira Santos
Maria Odília Teixeira
Tânia Fernandes

fpuliconlink

Conselho Pedagógico

O Conselho Pedagógico é o órgão de gestão pedagógica ela Faculdade, sendo composto por:
—Três docentes, eleitos por um período de 2 anos
—Três estudantes (de pelo menos dois Ciclos de Estudos distintos) eleitos pelo período de 1 ano.
Compete ao Conselho Pedagógico:

• Pronunciar-se sobre as orientações pedagógicas e os métodos de ensino e de avaliação;
• Promover a monitorização do desempenho pedagógico da Escola em articulação com a Comissão de Avaliação Interna;
• Promover a realização da avaliação do desempenho pedagógico dos docentes;
• Apreciar as queixas relativas a matérias pedagógicas e propor as providências necessárias;
• Aprovar o regulamento de avaliação das aprendizagens;
• Pronunciar-se sobre a criação de Ciclos de Estudos e de Cursos;
• Pronunciar-se sobre a avaliação de Ciclos de Estudos e de Cursos ministrados, em articulação com a Comissão de Avaliação Interna;
• Pronunciar-se sobre o calendário letivo e os mapas de exames;

Restantes membros efectivos:

DOCENTES E INVESTIGADORES
Carla Crespo
Isabel Janeiro

ESTUDANTES
David Greer
João Luís Teixeira
Mafalda Catarino

orggest08

João Moreira
Presidente

Conselho de Gestão

orggest03a

Luís Curral
Diretor

Alexandra Barros               Nuno Cavalheiro
sub-Diretora                    Diretor Executivo

O Conselho de Gestão é o órgão de gestão administrativa, financeira e patrimonial da Faculdade, bem como de gestão dos recursos humanos.

Compõem o Conselho de Gestão o Diretor, que preside, o Diretor Executivo da Faculdade e um vogal designado pelo Diretor.
Compete ao Conselho de Gestão:

• Dar parecer sobre os projetos de orçamento;
• Fiscalizar a execução do orçamento;
• Verificar a legalidade das despesas efetuadas e autorizar a realização do respetivo pagamento;
• Encarregar-se dos processamentos legais atinentes à arrecadação da receita da Faculdade;
• Promover a elaboração da prestação da conta a submeter ao Tribunal de Contas conforme a legislação em vigor;
• Promover a organização e atualização do inventário e cadastro dos bens móveis da Faculdade;
• Fixar as taxas e emolumentos a aplicar na Faculdade que não sejam da competência da Universidade de Lisboa;
• Aprovar, sob proposta do Diretor Executivo, a orgânica e regulamentação dos Serviços.
• Colaborar com os Serviços Centrais da Universidade de Lisboa.

Diretor Executivo

É da competência do Diretor Executivo:

  • A gestão corrente e a coordenação dos serviços da Faculdade, sob a orientação do Diretor da Faculdade;
  • Dirigir os serviços técnicos e administrativos integrados nos serviços comuns bem como os aspetos administrativos e de recursos humanos dos serviços específicos da Faculdade;
  • Propor o regulamento orgânico relativo aos serviços;
  • Elaborar, sob a orientação do Diretor, as propostas de orçamento, de relatório e de conta;
  • Informar e submeter a despacho do Diretor todos os assuntos de gestão global;
  • Solicitar a intervenção do Gabinete de Consultoria Jurídica no apoio à sua atividade de gestão;
  • Exercer as competências que o Diretor ou o Conselho de Gestão nele delegue e todas as demais previstas na lei.

:.

orggest13

Nuno Cavalheiro
Diretor Executivo

 

Secretariado
Eulália Policarpo


Assessoria e Secretariado

orggest09

Sandra Silva
Coordenadora

A Assessoria e Secretariado da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa é um serviço específico da FPUL e tem como objetivo assegurar o efetivo apoio e secretariado aos órgãos de governo da FPUL garantido o suporte técnico aos seus titulares, bem como prestar apoio aos coordenadores das áreas de investigação e ensino, às atividades de ensino e de investigação.

Assessoria

Ana Maurício
Sara Vaz
Soraia Silva

Secretariado

Anabela Figueiredo

217 943 782

orggest09

Sandra Silva
Coordenadora

A Assessoria e Secretariado da Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa é um serviço específico da FPUL e tem como objetivo assegurar o efetivo apoio e secretariado aos órgãos de governo da FPUL garantido o suporte técnico aos seus titulares, bem como prestar apoio aos coordenadores das áreas de investigação e ensino, às atividades de ensino e de investigação.

Assessoria

Ana Maurício
Sara Vaz
Soraia Silva

Secretariado

Anabela Figueiredo

217 943 782

A Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa (FPUL) rege o seu funcionamento, para além da legislação e regulamentos comuns a todas as instituições do Estado Português e às restantes faculdades da Universidade de Lisboa, pelos Estatutos publicados no Despacho n.º16489/2013, Diário da República n.º246/2013, Série II de 2013-12-19.