Objectivos de Intervenção:
• Esclarecer a natureza da(s) problemática(s) envolvida(s);
• Realizar avaliações psicológicas nos domínios intelectual e cognitivo, da personalidade e da psicopatologia;
• Identificar vias adequadas de intervenção em cada caso.

Áreas de Intervenção:
• Problemas de desenvolvimento na infância e na adolescência; perturbações clínicas e de personalidade do jovem e do adulto; rastreio e avaliação de problemas associados ao envelhecimento.
Pedidos de avaliação apresentados directamente pelos próprios ou familiares, bem como por instituições de saúde, escolares, judiciais, assistenciais ou empresas.


Modalidades de Intervenção:
• Individual
A intervenção tem por alvo o indivíduo e ocorre num contexto de consulta clínica. No caso de menores e de adultos idosos, participam na avaliação os familiares directos ou responsáveis legais.


Metodologias de Intervenção:
• Clínicas
• Psicométricas (testes)


População Alvo:
• Crianças (≥ a 3 anos de idade)
• Adolescentes
• Adultos (jovens, meia-idade e idosos)