Objectivos de Intervenção:
Tem-se como objectivos avaliar, através de técnicas de natureza psicológica, aptidões, características de personalidade e competências comportamentais de candidatos, e estabelecer um prognóstico de adaptação às exigências do posto de trabalho a ocupar, tendo-se como referência o perfil de competências previamente definido.

Áreas de Intervenção:
Pedidos de avaliação psicológica no âmbito de Processos de Selecção de recursos humanos para entidades públicas e privadas.

Modalidades de Intervenção:
- Aplicação de Provas Psicológicas;
- Entrevista Psicológica;
- Entrevista de Avaliação de Competências;
- Dinâmicas de Grupo.

Metodologias de Intervenção:
1. Definição de Perfil de Competências, com a colaboração da entidade requerente da avaliação psicológica;
2. Operacionalização do processo de selecção, nomeadamente das provas psicológicas, entrevista e/ou dinâmica de grupo, e respectivos critérios, ponderações e ficha de avaliação;
3. Implementação da avaliação psicológica, e consequente análise e classificação;
4. Elaboração de uma Ficha Individual do candidato, com a indicação das dimensões psicológicas e competências avaliadas, níveis atingidos em cada uma delas e resultados obtidos;
5. Envio das Fichas-Resumo dos candidatos, com indicação dos níveis classificativos obtidos, para a entidade requerente do processo de selecção.

População-alvo:
Entidades públicas e privadas.

Formação – Inscrições abertas para a Formação “Avaliação Psicológica em Contexto de Selecção”, que irá decorrer de 16 de Setembro a 1 de Outubro de 2016 (Programa)